Disponível em <https://portal.creaes.org.br/crea-es-emite-72-autos-de-infracao-em-apenas-cinco-dias-em-colatina/>.
Acesso em 25/05/2024 às 12h11.

Crea-ES emite 72 autos de infração em apenas cinco dias em Colatina

6 de julho de 2023, às 16h16 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Quarenta e cinco autuações por exercício ilegal da profissão, 11 empresas de engenharia atuando sem registro, 15 atividades da área sendo executadas sem Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e 1 empresa prestando serviço de engenharia sem responsável técnico no seu quadro de funcionários. Este foi o saldo da ação fiscal realizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), em Colatina, nos dias 29 de maio a 2 de junho deste ano.

Responsável por registrar, orientar e fiscalizar o exercício profissional e defender a sociedade de práticas ilícitas nas atividades relacionadas à área tecnológica, o Conselho emitiu na região, nesse período, um total de 72 autos de infração em 255 ações realizadas.

Dessas abordagens, 14 ações fiscais foram originadas por denúncias realizadas no canal Denúncia On-line, disponível no site do Conselho. “O canal de denúncias é uma das principais ferramentas para comunicar atividades suspeitas, exercício ilegal da profissão ou qualquer outra demanda que necessite da intervenção do Crea-ES. Qualquer pessoa pode entrar em contato conosco e contribuir para a segurança de todos”, informou o presidente do Crea-ES Engenheiro Jorge Silva.

A comunidade exerce um papel fundamental para a fiscalização do Conselho. O aumento de ações fiscais reverbera na segurança da população. Ao realizarem os autos, a atividade ilegal e danosa é inibida. Obras com falhas de protocolo, ausência de projetos ou de empresas e profissionais qualificados e habilitados representam riscos diretos à comunidade. Além disso, a fiscalização também gera mercado regular.

“Quando o Crea-ES trabalha para coibir o exercício ilegal da profissão, cria oportunidades de mercado, estimula demandas para profissionais qualificados, registrados e regulares com o Conselho”, concluiu o presidente do Crea-ES, Engenheiro Jorge Silva.


Comentários

  1. Márcio disse:

    Importantíssimas essas ações do CREA-ES atuando na defesa da sociedade e dos profissionais da engenharia. Além disso, essas autuações têm caráter educacional, mostrando à sociedade a necessidade de seguir parâmetros de segurança na construção de edificações e da responsabilização por essas obras.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *