Disponível em <https://portal.creaes.org.br/equipes-tecnicas-e-fiscais-do-crea-es-permanecem-atuando-nos-municipios-atingidos-pelas-chuvas/>.
Acesso em 25/05/2024 às 11h22.

Equipes técnicas e fiscais do Crea-ES permanecem atuando nos municípios atingidos pelas chuvas

Dois meses após a tragédia que atingiu 13 cidades do sul do Espírito Santo, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-ES) continua atuando na região.

7 de maio de 2024, às 11h35 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Dois meses após a tragédia que atingiu 13 cidades do sul do Espírito Santo, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-ES) continua atuando na região.

Após a reunião realizada nesta segunda-feira (6/5) entre o presidente do Crea-ES, engenheiro Jorge Silva, e o deputado estadual Bruno da Costa Rezende, ficou definido que as equipes técnicas e fiscais continuarão atuando nos municípios atingidos pelas enchentes de março. As ações incluem a mobilização de novos grupos compostos por supervisores de engenharia, fiscais e inspetores para intensificar a produção de relatórios e laudos técnicos.

Até agora, as equipes do Conselho já finalizaram 86 relatórios que serão enviados para as prefeituras municipais, defesas civis locais e estadual, além do Corpo de Bombeiros. “Precisamos reconhecer os que nos estenderam a mão no momento de dificuldade. Então, antes de tudo, gostaria de agradecer pelo trabalho feito em nosso município”, expressou o deputado Rezende.

Por sua vez, o presidente do Crea-ES destacou o comprometimento do Conselho com a recuperação das áreas afetadas: “Novas equipes serão mobilizadas aos municípios para intensificar e agilizar os levantamentos e a confecção dos novos laudos que, após concluídos, serão enviados aos órgãos competentes. As ações iniciarão já nesta quinta (8/5). Em momentos críticos como este, nossos esforços se concentram em fornecer orientação técnica precisa e suporte aos órgãos locais, contribuindo para a reconstrução das áreas afetadas e protegendo a vida das pessoas. Estamos comprometidos em intensificar nossos trabalhos para que possamos, juntos, superar os desafios que essas tragédias trouxeram.”

Os municípios mais atingidos, entre eles Vargem Alta, Mimoso do Sul, Guaçuí, Bom Jesus do Norte e Apiacá, sofreram com essas enchentes históricas que deixaram 17 mortos e mais de 5 mil desalojados, além da destruição significativa na infraestrutura local. O trabalho de limpeza e reestruturação continua na região, com apoio e coordenação das autoridades estaduais e municipais, bem como dos órgãos competentes, como o Crea-ES.

Deputado Estadual Bruno da Costa Rezende e o presidente do Crea-ES engenheiro Jorge Silva

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *