Disponível em <https://portal.creaes.org.br/primeira-engenheira-do-estado-e-destaque-em-evento-do-crea-es-em-homenagem-ao-dia-das-mulheres-na-engenharia/>.
Acesso em 13/07/2024 às 23h02.

Primeira engenheira do estado é destaque em evento do Crea-ES em homenagem ao Dia das Mulheres na Engenharia

17 de junho de 2024, às 17h54 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

A primeira mulher formada em engenharia civil no Espírito Santo, Emília Frasson Manhães, de 94 anos, participará na próxima sexta-feira (21/6), em Vitória (ES), de um encontro promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES) em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres na Engenharia. A data, comemorada oficialmente no dia 23 de junho, foi concebida em 2014 pela Women’s Engineering Society (WES) do Reino Unido, com o objetivo de valorizar a presença das mulheres na área da engenharia.

Emília Frasson, que também foi a primeira mulher a se registrar no Crea-ES, em 1960, será uma das integrantes do painel “Mulheres pioneiras e o futuro da engenharia”, cujo objetivo é capacitar e incentivar a participação efetiva de mulheres e estudantes engenheiras na área tecnológica. Frasson também será homenageada pela dedicação e contribuição à engenharia capixaba por mais de seis décadas de atuação no segmento.

Apesar do número de engenheiras registradas no Conselho ter aumentado nos últimos anos, há muito a ser conquistado pelo público feminino no setor. Levantamentos realizados neste mês de junho indicam que 5345 engenheiras estão registradas na instituição, um número bem abaixo dos engenheiros, calculados em 15.571 profissionais.

O presidente do Crea-ES engenheiro Jorge Silva, destaca que apesar de ainda serem minoria, as mulheres tem aumentado a participação nos últimos anos e que o Programa Mulher do Crea-ES tem estimulado debates e incentivos a essa integração feminina na engenharia. “As engenheiras possuem um papel essencial para o Conselho e por isso trabalhamos pela equidade de gênero. Incentivamos e apoiamos iniciativas que promovam a inserção e a valorização das mulheres na engenharia. É um orgulho termos profissionais tão competentes atuando na área tecnológica”, disse.

O Programa Mulher do Crea-ES, criado em março de 2021 pelo atual presidente da instituição, engenheiro Jorge Silva, tem como objetivo promover a equidade de gênero nas áreas da engenharia, da agronomia e das geociências, apoiando as profissionais em sua carreira e incentivando a participação feminina nos processos decisórios.

A engenheira Mariana Mansk, coordenadora do programa, diz que entre as iniciativas desse movimento está a de garantir que as mulheres engenheiras tenham as mesmas oportunidades e ocupem seus lugares de direito. “O programa oferece ambientes de discussão e acolhimento, sendo um suporte para as profissionais que enfrentam qualquer situação discriminatória, fornecendo orientação e recursos para acolher e ajudar as mulheres a lidarem com essas questões e garantir que suas vozes sejam ouvidas”, explicou.

Além do painel “Mulheres pioneiras e o futuro da engenharia”, o evento em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres na Engenharia contará com as palestras “Liderança feminina na engenharia: desafios e oportunidades”, da gerente de coprodutos da ArcelorMittal Tubarão, Leila Kauffmann; e com a palestra “Comunicação assertiva para profissionais da área de engenharia”, da analista de perfil comportamental Gabriella Faria.

Clique aqui e saiba mais sobre o evento.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *